Pular para o conteúdo
visao

Conheça a história da Praça Pôr do Sol, em São Paulo

Todos os fins de semana, principalmente aqueles ensolarados, diversos paulistanos se reúnem na Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiros para contemplar a cidade e também para se deslumbrar com o lindo pôr do sol que o local é capaz de proporcionar. Localizada no bairro Alto de Pinheiros, zona oeste de São Paulo, a Praça Pôr do Sol, como é popularmente conhecida, possui uma visão privilegiada da capital e dos enormes prédios que cercam a região.

O surgimento

Mas, afinal de contas, qual a história desse local tão aclamado por moradores e turistas que visitam a cidade? A Praça Pôr do Sol surgiu após o loteamento da empresa Cia. City, que começou em 1925 na região. Porém, nessa mesma época, houve uma lei estadual que concedeu o alargamento do Rio Pinheiros, o que provocou o atraso desse lote, vindo a acontecer somente em 1937.

Aliás, o projeto no Alto de Pinheiros seguiu os mesmos parâmetros feitos pela empresa nos bairros Pacaembu e Jardim América. A partir daí, surgiu a praça, que está localizada em uma área alta da cidade, o que dá para observar alguns bairros paulistanos, além do sol brilhando sempre lindo.

Infraestrutura e visão futura

Para quem gosta de passear pela Praça Pôr do Sol, por lá é possível encontrar pistas para caminhadas, playground e muretas de cimento para as pessoas sentarem e visualizarem toda a paisagem ao redor.

E tem mais: reza a lenda de que a Prefeitura de São Paulo pretende transformar a praça em um parque municipal, mas sem mexer na arquitetura original do local. Se isso de fato acontecer, será um crescimento bastante interessante para o lugar, pois dará a oportunidade de trazer ainda mais pessoas à praça.